Cidades

Pandemia reduz acidentes de trabalho em Americana

Levantamento da Exxmed Ocupacional revela uma queda de 23,4% nas ocorrências durante os três primeiros trimestres de 2020

Divulgação
Luiz Guizi, especialista em segurança e saúde do trabalho da Exxmed
Crédito: Divulgação

As empresas de Americana registraram uma queda de 23,4% no número de acidentes de trabalho nos três primeiros trimestres de 2020, em comparação com o mesmo período do ano passado. O levantamento é da Exxmed Ocupacional, empresa de Saúde e Segurança do Trabalho que inaugura uma clínica na cidade em janeiro de 2021.

Segundo dados do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), entre janeiro e setembro deste ano, foram registradas 995 CATs (Comunicações de Acidente de Trabalho) em território americanense. Em 2019, no mesmo período, foram 1.299.

A redução foi ainda maior entre abril e junho, época do ano em que vigoraram as mais restritivas medidas de combate à Covid-19. A redução, nesse caso, foi de 42,8%.

“Os números têm relação direta com o momento de pandemia que estamos vivendo, uma vez que grande parte das empresas tiveram suas atividades interrompidas”, analisa o especialista em Segurança e Saúde no Trabalho da Exxmed, Luiz Carlos Guizi. 

Para Guizi, a retomada das atividades é importante, mas preocupa. Segundo o especialista, o número de acidentes tende a subir novamente, em razão do aquecimento rápido do mercado, onde as empresas voltaram a produzir em um ritmo muito acelerado. 

“Para que isso não venha a ocorrer, as empresas precisam continuar produzindo e trabalhando sim, mas vale lembrar que devem adotar todas as condições de segurança e saúde necessárias para a garantia do trabalho seguro. Pois, a chave do sucesso de todo negócio é cuidar do seu bem maior, que é seu colaborador”, concluiu.

A Exxmed Ocupacional realiza um coquetel de inauguração no dia 05/01, às 19h30. O atendimento ao público começa no dia seguinte, às 7h. 

A clínica fica na Avenida Cillos, 3086 – Parque Novo Mundo.

 


Fonte: Redação Tribuna Press


Notícias relevantes: