Cidades

Chico rejeita tarifa de transporte a R$ 5,40 em Americana

Em nota, prefeito diz que não vai assinar contrato com valor oferecido pela Sancetur na licitação concluída ontem

Reprodução
Sancetur venceu a licitação, mas não terá o contrato assinado
Crédito: Reprodução

O processo de concessão do transporte público de Americana entrou em um impasse. O prefeito Chico Sardelli (PV) se recusa a assinar um novo contrato, com duração de 15 anos, por conta da tarifa oferecida pela Sancetur, atual prestadora do serviço e única participante da licitação concluída ontem, que foi R$ 5,40.


Atualmente, a tarifa cobrada é de R$ 4,70. A viação opera as linhas através de contratos emergenciais desde 2018.


“É preciso que, diante de todo o quadro econômico que o país atravessa, haja sensibilidade e se busque um entendimento entre empresa e poder público”, diz a nota, enviada pela assessoria de imprensa do prefeito.

Elaborado na gestão Omar Najar (MDB), o edital de licitação previa como valor máximo de tarifa R$ 5,65.

 


Fonte:


Notícias relevantes: