Cidades

Americana anuncia ‘aulas híbridas’ a partir de março

Secretaria municipal de Educação anunciou um ‘protocolo de biossegurança para o retorno das aulas presenciais

Divulgação/PMA
Protocolo foi desenvolvido para evitar aglomerações nas escolas
Crédito: Divulgação/PMA

A Secretaria municipal de Educação de Americana anunciou para o dia 1º de março o início do ano letivo 2021. As aulas serão retomadas em modelo híbrido, ou seja, com atividades remotas e presenciais. Um protocolo de biossegurança foi elaborado para minimizar o risco de contaminação de alunos e professores pela Covid-19.


De acordo com a pasta, entre os dias 22 e 26 de fevereiro será realizado o “acolhimento socioemocional” dos alunos. Os pais serão entrevistados e orientados sobre os protocolas para aulas presenciais.


"A Secretaria de Educação elaborou o protocolo junto aos técnicos da área de saúde, e estamos seguindo as normas estaduais e federais e primando pelo retorno seguro dos profissionais e dos alunos às atividades escolares. Antes do início das aulas, esse plano será amplamente esmiuçado e debatido com os professores para que estejam preparados para o retorno das aulas presenciais", enfatizou o secretário de Educação, Vinicius Ghizini.


O protocolo define ações que devem ser tomadas antes do retorno das aulas presenciais, o comportamento dos alunos a caminho da escola, transporte escolar, como agir ao chegar à escola e no período em que o estudante permanecer na unidade e na saída das aulas.


As unidades escolares estão sendo organizadas para que se mantenham a distância recomendada entre as carteiras, a rotina foi organizada para que haja um período de higienização dos espaços bem como dos equipamentos utilizados e lixeiras exclusivas para descarte de máscaras e outros materiais potencialmente contaminados foram definidas.


A orientação é que os pais devem aferir a temperatura do aluno antes de sair para a escola e, em caso de febre ou outro sintoma de Covid-19, o estudante deve ficar em casa. Ao ir para a escola, deve-se levar uma máscara de reserva diariamente. Além disso, a mochila e demais materiais escolares devem ser higienizados antes de sair para a escola e após o retorno para casa.


No transporte escolar, as determinações são para que se use máscara durante todo o trajeto, que seja aferida a temperatura do aluno antes de entrar no veículo, que se façam adequações para que os assentos sejam intercalados e que se ofereça álcool em gel para higienização das mãos.

Durante o período das aulas, as principais orientações são sobre o uso de equipamentos de proteção, como máscaras, pelos profissionais e alunos; o respeito ao distanciamento entre as pessoas ; a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel; o uso de proteção de calçados nos berçários; evitar formas de contato social, como abraços, beijos e apertos de mãos; a proibição de eventos como feiras, festas, palestras, seminários e campeonatos; priorização de atividades ao ar livre; manter os ambientes bem ventilados; o não compartilhamento de objetos de uso pessoal, como estojos; o revezamento de turmas na hora do recreio.

Para o cumprimento das normas de higiene, a Secretaria de Educação adquiriu produtos como totens de álcool em gel, termômetros, sabonete líquido, álcool em gel, desinfetante, fita para demarcação do solo, tapetes sanitizantes, face shields, máscaras, sapatilhas descartáveis e luvas de procedimento.


Fonte:


Notícias relevantes: