Indaiatuba

ONG Gabriel promove mais uma Noite do Flashback

Localizado nas proximidades da Prefeitura e de outros prédios públicos, o Jardim Regina e seu entorno sofrem com a falta da fibra óptica. Sem o dispositivo, moradores do populoso bairro não possuem a opção de contratar internet banda larga ou TV a cabo. Indignado com a situação, o consultor de empresas Luciano Malpelli, 52 anos, luta para que as empresas da área invistam na região e disponibilizem os serviços. Para isso, ele chegou a criar um blog na internet, com o objetivo de unir os vizinhos em busca de uma solução. Malpelli conta que mudou para Indaiatuba há dois anos, vindo de Santo André, e se instalou no Jardim Regina. Uma de suas primeiras providências foi buscar a instalação de internet rápida e TV a cabo. “Primeiro tentei o Speedy, da Telefônica. Contratei o serviço pelo call center e eles chegaram a me mandar o modem, mas o técnico não conseguiu instalar. Só depois disso ele consultou e informou que aqui não havia fibra óptica. Ainda tive um bom trabalho para conseguir cancelar o serviço”, relata. “Depois procurei pela Net, que foi direta em dizer que não oferecia o serviço para o bairro.” Na tentativa de uma solução, o consultor chegou a preparar propostas e apresentá-las às diretorias de ambas as empresas, em Campinas, no ano passado. “Inicialmente a Telefônica informou que não sabia nem da existência do problema nem que o volume de moradias na região era tão grande. Mas depois respondeu que não ia investir em trazer o cabeamento porque estava trabalhando em uma nova tecnologia”, conta. “Na Net disseram que já possuíam o projeto, que estava no setor de engenharia, mas que pela crise não iam fazer o investimento.”


Fonte:


Notícias relevantes: