Indaiatuba

Brecha da lei faz propaganda eleitoral invadir a cidade

Cinco dias após o registro do latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido no bairro Cidade Nova, o Setor de Investigação Geral (SIG) da Polícia Civil chegou a novas conclusões sobre o crime. Por meio do depoimento de uma testemunha, chegou-se ao retrato falado do indivíduo que atirou no operador de caixa Silvio Luis Martins, 24 anos, na noite do dia 13. Segundo a testemunha, a princípio, um dos assaltantes queria levar o Ford Fiesta prata, estacionado na garagem. Porém, mudou de ideia e foi para a casa dos fundos à procura de mais alguém, que não foi encontrado. Quando já se preparavam para deixar o local, levando somente a carteira do operador, devido à investida do cão da raça pitbull e reação da vítima, os assaltantes efetuaram os disparos. Após a fuga, os assaltantes deixaram a carteira de Silvio em uma praça no Jardim América, e levaram somente uma foto recente da vítima com a esposa. Confira a matéria completa na edição de sábado da Tribuna.


Fonte:


Notícias relevantes: