Indaiatuba

Creche arrecada livros para montar biblioteca

O grande objetivo é ficar entre os oito melhores do mundo ou entre os 18 melhores do Brasil, e garantir índice para o Campeonato Mundial, que acontece em agosto, em Amsterdã, na Holanda. “Pelo que foi trabalhado, acredito que todos os nadadores têm condições de subir ao pódio”, diz confiante o treinador Antonio Luiz Cândido, o Maceió. “A minha única dúvida é quanto ao desempenho do Evaldo e do Bruno, pois são estreantes na competição e o nervosismo pode atrapalhar.” Maceió lembra que a competição é a mais difícil do ano e, por isso, o grupo faz uma preparação intensa desde janeiro. “Há duas semanas, os nadadores estão em período de descanso e ajustes para a competição. Acostumados a nadar até oito quilômetros por dia, passaram a nadar dois quilômetros”, diz o treinador. “A intenção é descansar o organismo e acumular energia para esta competição.” A equipe tem o apoio da Quality Lavanderia, Academia Taquaral, Grupo de Ajuda dos Amigos Deficientes de Indaiatuba (Gaadin) e Colégio Objetivo.


Fonte:


Notícias relevantes: