Indaiatuba

Prefeitura disponibiliza formulários para o passe-bolsa

Segundo a Promotoria, o inquérito apurará a legalidade do sistema, em especial, o anúncio do funcionamento de uma forma e a operação de outro modo, o que viola, em tese, os ditames legais. Para continuar a apuração, o MP pediu à Prefeitura e à Guaianazes que enviassem, através de documentos comprobatórios, qual o sistema anunciado para o funcionamento do Bilhete Único em Indaiatuba, além de informar qual regime jurídico foi adotado e qual a exata participação da responsabilidade de ambos no funcionamento do sistema. A Promotoria ainda pediu documentos que comprovassem como está funcionando o programa atualmente, sob a ótica do consumidor, principal afetado pelo sistema denunciado. O MP também solicitou uma lista das linhas disponíveis em Indaiatuba e o tempo de espera nos pontos distribuídos por toda a cidade para averiguar a viabilidade do sistema.


Fonte:


Notícias relevantes: