Indaiatuba

Aulas da rede municipal voltam na segunda semana de fevereiro

Com o apoio de outras viaturas da PM, os soldados começaram a fazer a revista pessoal dos suspeitos, mas nada de interesse policial foi encontrado. Porém, no interior do Fiat Palio, dirigido por Marcelo, foram encontradas duas armas de fogo, duas toucas de lã e três celulares. A PM também constatou que, na residência de onde o veículo saiu morava Willian. Após uma busca domiciliar com a autorização do acusado, nada de ilícito foi encontrado. Tal busca também aconteceu na casa de Marcelo, situada na Rua João de Campos Bueno, no Jardim Morada do Sol e, novamente, nada de ilegal foi localizado. Porém, na casa de Leandro, residente na Rua José de Campos, no mesmo bairro, foram encontrados um transformador, três capacetes, raquete de tênis, três óculos de sol, sete maços de cigarros e a moto Honda CG 125 Titan, vermelha, 1995, placa AFC 2637 de Indaiatuba, aparentemente com o chassi adulterado. Nenhum dos três indivíduos soube dizer ou justificar a procedência de todo o produto encontrado. Na casa de Rogério, depois de busca detalhada, nenhum produto ilícito foi localizado. Prosseguindo nas diligências, os PMs conseguiram localizar a comerciante e proprietária da padaria no Jardim Morada do Sol, vítima do roubo realizado horas antes da abordagem dos quatros indivíduos. Pelas características fornecidas, ela reconheceu Leandro como sendo o autor do roubo contra o estabelecimento comercial, além de reconhecer também os sete maços de cigarro apreendidos na residência do acusado. O quarteto foi autuado em flagrante por roubo, porte ilegal de arma de fogo e por formação de quadrilha, pelo delegado do 1° Distrito Policial, Alexandre Melfi. Na manhã de terça-feira, dia 27, os quatro foram escoltados à cadeia do 2° Distrito Policial do São Bernardo, em Campinas, e após a triagem foram para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia, até manifestação da Justiça.


Fonte:


Notícias relevantes: