Indaiatuba

Médicos especialistas do Haoc terão reajuste

Com base nessa declaração, o governador foi questionado se considera “justo” que, para utilizar dez quilômetros da Santos Dumont, trecho percorrido para chegar até Campinas, os moradores de Indaiatuba tenham que desembolsar R$ 19,30. Goldman foi taxativo ao responder que, mesmo sabendo da reclamação e conhecendo o problema, não tem solução para ele. Seguindo a linha de defesa do sistema de concessão, o governador declarou que a maioria das estradas de São Paulo não é pedagiada e que o investimento em obras viárias precisa vir “de algum lugar”. “É com o dinheiro repassado pelas concessionárias que o Estado está recuperando 12 mil quilômetros de estradas vicinais”, revelou. Presente no mesmo evento, o secretário de Estado dos Transportes, Mauro Arce, seguiu a mesma linha usada pelo governador ao garantir que, em sua Secretaria, não existe qualquer tipo de estudo ou trabalho que tenha como objetivo encontrar uma medida que resolva o problema do pedágio indaiatubano. “O tema sequer nunca foi proposto por qualquer uma das partes interessadas”, contou.


Fonte:


Notícias relevantes: