Indaiatuba

Fatec adia término das inscrições para três cursos de pós-graduação

Representante dos funcionários que mais estão sofrendo com as consequências da greve - a Prefeitura encaminhou comunicado a 40 guardas que podem ser punidos com a perda de até 210 dias de trabalho -, o presidente da Associação dos GM’s, José Galvão dos Santos, garante que os guardas esperam que a questão das faltas injustificadas seja resolvida e, por este motivo, ainda não vão apresentar propostas ao plano de reestruturação. “A nossa ideia é ver o que eles (administração) têm para oferecer para depois apresentar uma contraproposta”, salienta. A professora Rosiana Godoy, coordenadora de assuntos municipais da Apeoesp, afirma que os professores também optaram pela prudência e, antes de levar qualquer sugestão ao Executivo, vão esperar para analisar o que será proposto.


Fonte:


Notícias relevantes: