Indaiatuba

Projeto obriga escolas a terem carteiras inclusivas

Durante a reportagem feita em supermercados da cidade, apenas um consumidor foi flagrado usando esse tipo de sacolas na compra. A médica, Anne Medeiros, de 40 anos, utiliza as ecobags desde 2008, e acredita que independente dos caixas preferenciais, a conscientização tem que ser dos consumidores. “Não é difícil trazer as sacolas, isso depende estritamente da conscientização de cada um”, acredita. Mesmo tendo esquecido de levar às sacolas às compras, a professora Amires Candello de Oliveira, 70 anos, tem o hábito de usá-las. “Acho muito importante, afinal, precisamos proteger o planeta”, diz. Para a comerciante Terezinha Mendes, 50 anos, a atitude ecológica ainda está fora de seus hábitos. “Não uso porque nunca pensei. É falta de prática”, comenta ela, que passava pelo caixa preferencial do Sumerbol e levou as compras com sacolas de plástico.


Fonte:


Notícias relevantes: