Indaiatuba

Vereadores decidem não discutir aumento de vagas

Sinto profunda revolta ao ver cenas de pessoas sofrendo – e até morrendo – em filas de hospitais públicos. Os campeões são os do Distrito Federal (de onde, aliás, vêm escândalos numerosos de desvio de verba por políticos). Não me importaria em pagar tantos impostos se visse que esse dinheiro está sendo usado no que deveria ser prioridade: a saúde. Chegamos ao ponto de perceber que médicos devem se ver num terrível dilema: quem vai para os poucos leitos de uma UTI. É provável que haja uma espécie de escolha. Entre uma criança e um senhor de 85 anos, a vaga talvez fique para a criança.


Fonte:


Notícias relevantes: