Indaiatuba

Parlamentares confirmam novas filiações ao PMDB

O índice de homicídios pode ter caído, mas – apesar da eficiência da Guarda Municipal e da PM – os assaltos fervilham. É “saidinha” de banco, é chácara invadida, é casa arrombada, não há mais paz. A situação está feia no Brasil todo. O problema deve ser visto sob ângulo sociológico. A riqueza está mal dividida (Mas não sou louca de achar que o socialismo é a solução ideal, embora utópica.) As drogas tipo crack levam usuários a se tornarem criminosos e a roubar artigos que são trocados por alguns reais – o suficiente para algumas “pedras”. * O uso de capacetes por motociclistas impede que os criminosos sejam vistos e reconhecidos. Como não dá para burlar uma lei nacional (o uso de capacetes), deveria ser criada uma lei municipal obrigando que, tão logo motociclistas estacionem a moto, retirem o capacete. * Outras sugestões: as câmeras de segurança deveriam ser colocadas na altura de 1,70m e não lá no alto. Ficaria mais fácil identificar os criminosos. Só que essas câmeras devem ficar bem escondidas. Para o ladrão, ficaria apenas a impressão das câmeras no alto. Também importante é que as imagens sejam armazenadas em mais de um computador. Estamos cansados de ouvir que ladrões levaram os computadores que registraram as imagens do crime.


Fonte:


Notícias relevantes: