Indaiatuba

Lote oferece riscos para a população

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) descobriu mais três setores que tiveram dados de domicílios fraudados durante o Censo 2010 em Indaiatuba. Com a descoberta, passa para 21 o número de áreas que tiveram as informações manipuladas e sete recenseadores que inventaram os dados da coleta. A coordenadoria do Censo 2010 em Indaiatuba já projeta que o término dos trabalhos podem ser adiados em até duas semanas. O resultado do Censo 2010 em todo o Brasil será divulgado no dia 27. Segundo a técnica em informações geográficas e estatísticas e também coordenadora municipal do IBGE, Denise Sernaglia, essa nova descoberta pode prorrogar os trabalhos ainda mais. “Realizando a supervisão dos setores domiciliares descobrimos mais estas três áreas, com isso, esta fase de supervisão deve se estender ainda mais e pode chegar até a data final para que os dados sejam entregues, que é dia 24”, revela. O IBGE estuda registrar Boletim de Ocorrência contra os sete recenseadores que fraudaram dados em Indaiatuba. Segundo Denise, a medida deve ser tomada após o IBGE coletar todos os dados necessários para a comprovação das fraudes e isso só acontecerá após o término da coleta. O pagamento dos recenseadores, que passaram por um processo seletivo para trabalharem durante o Censo 2010, acontece durante e após o período de coleta de dados. Como alguns recenseadores já receberam parte do pagamento, será necessário o registro de Boletins de Ocorrência para que haja o ressarcimento. Estes funcionários foram demitidos e, com isso, 26 novos supervisores e cinco novos recenseadores foram contratados e as casas envolvidas nestas fraudes estão sendo revisitadas para a coleta dos dados e para a correção das informações.


Fonte:


Notícias relevantes: