Innara rebate informações do Sindicato dos Metalúrgicos

Indaiatuba

Innara rebate informações do Sindicato dos Metalúrgicos

A Fundação Cacique Cobra Coral (FCCC) foi acionada para mexer com o clima no dia da eleição do segundo turno. A médium, que pode alterar a falta (ou excesso) de chuva tem convênio com várias prefeituras e com o Ministério de Minas e Energia desde 1986. Recentemente quando o País estava à beira de um apagão elétrico, a entidade foi convocada para elevar o nível dos reservatórios. O Ministério da Integração também pediu à FCCC atenção especial no local das obras de transposição do Rio São Francisco. Para quem acha que tudo isso é bobagem, é bom saber que o FCCC já foi requisitado pelo Irã, Portugal, Estados Unidos e em outros países para alterar o clima (em casos de incêndios incontroláveis, enchentes, etc.). Recentemente saiu matéria na Veja, se não me engano, dizendo que a entidade teria sido acionada para “domar” o clima durante alguns eventos. E tem tido tanto êxito que os Rock in Rio na Europa tiveram supervisão da FCCC. Para quem não acredita, entre no site e confira as previsões certeiras (e avisadas com antecedência) em relação a Ayrton Senna e Ulysses Guimarães. É de arrepiar, principalmente porque os dois não deram ouvidos ao alerta.


Fonte:


Notícias relevantes: