Indaiatuba

USP abre inscrições para especialização

Turminha do barulho Férias, criançada em casa, brinquedos recebidos no Natal e muita agitação. Entretanto, há um perigo que nem todos os pais se dão conta: o barulho dos brinquedos. Alguns são tão altos que ultrapassam os toleráveis 70 decibéis (dB). Um ruído constante de 85 dB já machuca as células auditivas. O chocalho, por exemplo, tem 83 dB, uma cornetinha de plástico, 117 dB. Segundo fonoaudiólogos e pedagogos, a poluição sonora é mais preocupante na fase de aprendizado da linguagem. A criança não compreende a fala dos adultos e reproduz os fonemas de maneira errada. A solução é evitar o brinquedo barulhento, deixando seu uso restrito a alguns minutos. O preferível é comprar algo que a criança seja atraída mais pela cor e forma do que pelo barulho que produz. Fonte: Revista Saúde!


Fonte:


Notícias relevantes: