Indaiatuba

Mais Vida faz campanha de conscientização

Os funcionários da concessionária Rodovias das Colinas, responsável pela Rodovia Santos Dumont (SP-75), começaram a primeira etapa das obras do Complexo Viário de interligação do Distrito Industrial, que visa melhorar o acesso dos veículos que vêm da cidade e procuram se dirigir às empresas instaladas em Indaiatuba. A obra está concentrada na altura do quilômetro 48 mais 700 metros, próximo ao restaurante Boi Gordo, no sentido Indaiatuba a Campinas, onde está sendo executado um dispositivo de entrada e saída da SP-75 para a via marginal. Para realizar a obra de acesso, a concessionária revela que está realizando o remanejamento das interferências como postes de energia elétrica e de telefonia. Sem informar a data, a assessoria de imprensa da concessionária informa que, após a retirada desses materiais serão iniciadas as obras de terraplanagem, drenagem e pavimentação do local. Assim que os trabalhos terminarem, será iniciada a segunda etapa, em que efetivamente a empresa vai começar a construir o viaduto que fará a interligação entre a região industrial da cidade e a Avenida Francisco de Paula Leite. De acordo com o anúncio feito no ano passado, a obra vai custar R$ 12,6 milhões e é fruto de um acordo entre o governo do Estado, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e a concessionária. Ao todo, para a realização completa da obra, que tem previsão de entrega para novembro, a empresa espera utilizar 70 homens. Os estudos realizados pela Colinas apontam que devem passar aproximadamente cinco mil veículos por dia em cada sentido do complexo viário.


Fonte:


Notícias relevantes: