Indaiatuba

Comércios deveriam ter acompanhamento de veterinário

A rede de farmácias e drogarias conveniadas à rede “Aqui Tem Farmácia Popular” começou a oferecer, no último dia 3, medicamentos gratuitos para o tratamento de hipertensão e diabetes, através do programa Saúde Não Tem Preço. Até segunda-feira, dia 14, todos os 15.069 estabelecimentos credenciados em todo o Brasil já terão aderido plenamente ao programa, após concluírem a adaptação dos sistemas de vendas. A oferta de medicamentos gratuitos na rede “Aqui Tem Farmácia Popular” foi normatizada por portaria do Ministério da Saúde e viabilizada por acordo com sete entidades da indústria e do comércio farmacêutico. O impacto no orçamento do programa será acompanhado e mensurado pelo Ministério com base nas informações do sistema de gerenciamento do programa. A expectativa é que o acesso da população aos medicamentos oferecidos gratuitamente cresça substancialmente. No lançamento do programa Saúde Não Tem Preço, o Ministério da Saúde anunciou o fortalecimento dos mecanismos de controle e transparência da rede “Aqui Tem Farmácia Popular”. Entre os mecanismos fortalecidos estão a blindagem eletrônica das transações, que repele tentativas de violações à privacidade do cliente ou usuário dos serviços; implantação de um cupom vinculado, que conterá informações detalhadas sobre o comprador, o estabelecimento e o médico que prescreveu aquele medicamento; criação de um cadastro de vendedores, com controle do acesso de todos os atendentes das empresas credenciadas; e cruzamento com o Sistema de Óbito do Ministério da Previdência (Sisobi), excluindo indivíduos registrados como falecidos que estejam relacionados às vendas realizadas.


Fonte:


Notícias relevantes: