Indaiatuba

Conselho aprecia Plano Anual de Saúde 2013

Não é de hoje que um terreno abandonado no Jardim São José atrapalha a rotina de famílias que moram em uma estreita rua do bairro. Mato alto, lixo e entulho formam criadouros ideais para animais peçonhentos e insetos, que migram para as residências. A falta de segurança no local abandonado também é foco das reclamações de moradores, que já tentaram recorrer à Prefeitura, mas a situação continua sem providências. Do terreno, localizado na esquina entre as ruas Ercílio de Paula e Das Camélias, já saíram ratazanas, escor-piões, baratas e na última semana, um filhote de cobra entrou em uma das residências. “Aparece tudo quanto é bicho aqui, além do mato, tem um monte de telhas velhas. Acho uma pouca vergonha, porque a gente já reclamou e ninguém faz nada”, explica a lavadeira Aline Andressa Stocco, de 22 anos. Os maiores medos das moradoras locais são com as crianças. De acordo com a mãe de uma moradora, que preferiu não se identificar, o neto começou a engatinhar e ela tem receio de deixar a criança no chão. “A gente não pode descuidar um minuto, com medo que ele colocar um bicho na boca”, comenta. A dona de casa ainda reforça que é preciso comprar inseticidas e repelentes, por conta da grande incidência de insetos no local. “Temos receio de dengue também, por conta desse abandono”, esclarece. Uma das moradoras mais antigas do bairro, Leonilda de Paula, de 69 anos, diz que acordou surpresa na manhã de quinta-feira, dia 10, quando encontrou uma ratazana dentro da máquina de lavar. “É uma situação normal. Outro dia, encontrei uma cobra no quarto”, conta.


Fonte:


Notícias relevantes: