Indaiatuba

Servidor Público pede 10% de aumento

Segundo os secretários municipais, existem alguns “equívocos” nas solicitações feitas pelo Sindicato dos Servidores. Ao falar da questão das horas extras, o secretário-geral, Samir Maurício de Andrade, revela que a situação continua a mesma. “Quem faz recebe, quem não faz, não recebe”, diz. Sobre as regras para a progressão continuada, o secretário de Administração, Núncio Lobo Costa, diz que elas serão implantadas no ano que vem. Mas a reivindicação que mais incomoda a Prefeitura, além do aumento de salário, é a diminuição da carga horária. De acordo com o secretário-geral, caso acate o pedido do sindicato, a administração teria uma diminuição de 25% no atendimento prestado à população. “Teríamos de contratar 25% a mais de funcionários para suprir essa redução. O impacto seria muito grande”, argumenta Samir. De acordo com os secretários municipais, com a reestruturação de cargos e salários estabelecida em dezembro de 2010, a Prefeitura já concedeu um aumento aos funcionários. “Após o processo que readequou a categoria, os servidores tiveram, no mínimo, 10% de reajuste”, alegam.


Fonte:


Notícias relevantes: