Indaiatuba

Telefones celulares podem ser proibidos em novos locais

O Rio Capivari-Mirim, que faz a divisa de Indaiatuba e Campinas, é um dos principais mananciais do Município e o maior fornecedor de água bruta para a Estação de Tratamento de Água (ETA 1), da Vila Avaí. A captação é feita diretamente no rio, por bombeamento, onde o nível de água é controlado por uma pequena soleira de concreto. Nos períodos mais prolongados de estiagem, sua vazão natural não é suficiente para atender a demanda. A redução do volume de água chega inclusive a inviabilizar a captação. Para regularizar a vazão do manancial, a barragem, que será construída a cerca de 300 metros do local de captação, terá 245 metros de comprimento, 6 metros de largura e 23 metros de altura sobre a fundação. Ela dará origem a um lago, com um espelho d’água de 411 mil metros quadrados. O total da área desapropriada é de cerca de 1,2 milhões de metros quadrados. A vazão do Rio Capivari-Mirim que será proporcionada pela construção da barragem será de 316 litros por segundo, aumentando a capacidade efetiva de captação e bombeamento, e reduzindo o risco de falta de água nos períodos de estiagem mais prolongados, que possuem pelo menos quatro meses sem chuvas.


Fonte:


Notícias relevantes: