Indaiatuba

Funcionários dos Correios decidem sobre greve amanhã

Após três anos na fila, o torcedor da Vila Avaí pode, enfim, soltar o grito de é campeão. O time levantou o “caneco” da Copa Aifa no domingo, dia 29, no campo do Primavera. A conquista veio, mas não foi tão fácil quanto parece, e o troféu da competição só foi erguido pelo capitão Luiz Henrique após empate de 1 a 1 no tempo normal de jogo e vitória de 4 a 2 nos pênaltis. Mesmo com a boa presença das duas torcidas, as equipes pouco se arriscam ao ataque nos primeiros minutos. O “batuque” feito pelos torcedores nas arquibancadas não surti efeito e pouco anima os jogadores dentro de campo. Na correria da partida, o Vila Avaí consegue acertar um contra-ataque que é fatal. Com 15 minutos de bola rolando, Gringo recebe passe do meio-campo, carrega até próximo a entrada da pequena área e toca no alto, na saída do goleiro Tiago, para abrir o placar. O gol não altera a forma de jogar das duas equipes, e a partida segue presa ao meio-campo, principalmente por conta da forte marcação imposta pelas duas defesas. O Atlético só consegue assustar a meta do Vila Avaí aos 25 minutos, numa cobrança de falta de Léo, que passa bem perto do travessão, assustando o goleiro Luiz Henrique. Próximo do fim da etapa inicial, por pouco o time da Vila Avaí não amplia o marcador. Gringo recebe em velocidade pela esquerda do ataque e cruza para Marquinhos, mas o goleiro Tiago sai e evita o cabeceio do atacante.


Fonte:


Notícias relevantes: