Indaiatuba

Bancários e carteiros aceitam acordo e voltam ao trabalho

Para tentar suprir à falta de funcionários em escolas públicas o governo do Estado de São Paulo autorizou a contratação de 13 mil agentes que atuarão temporariamente em toda a rede estadual. O processo seletivo será realizado pela Diretoria Regional de Ensino de Capivari que informará no Diário Oficial do Estado os locais de inscrição. A contratação será feita no prazo de 12 meses. Serão 4.483 agentes de serviços escolares (ASE) e 8.769 agentes de organização escolar (AOE). De acordo com a Secretaria de Estado da Educação ainda não há definição do número de profissionais que serão destinados para cada unidade escolar e de que forma o processo seletivo será feito pelas diretorias. Entretanto, o número visa atender a demanda estadual de todas as escolas. A intenção é que os novos profissionais substituam servidores efetivos designados para exercer outras funções no Estado, afastados por licença-saúde ou aposentados. A contratação também atenderá à demanda criada com as novas unidades escolares e a ampliação das já existentes. A função do AOE é dar suporte às ações da Secretaria na escola e atender à comunidade escolar, de acordo com as necessidades da respectiva unidade de ensino. Entre suas atribuições, estão: zelar pelo bem-estar dos alunos e pela estrutura física da unidade; orientar os estudantes quanto às normas de conduta previstas no regimento escolar; controlar a movimentação dos estudantes nas dependências da escola e imediações; auxiliar na manutenção da disciplina geral. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 654,86. Já os agentes de serviços escolares temporários serão contratados para suprir a demanda atual, enquanto o governo estuda a possibilidade de terceirizar o serviço por um processo licitatório. A jornada de trabalho para um ASE é de 40 horas semanais com remuneração mensal de R$ 628,13.  São suas atribuições tarefas relacionadas à limpeza, manutenção e conservação da escola, assim como o controle e preparo da merenda escolar.


Fonte:


Notícias relevantes: