Indaiatuba

Carro cai em galeria e sai do outro lado da pista durante temporal

O enriquecimento astronômico do ex-ministro da Casa Civil Antônio Palocci o derrubou. A demissão, porém, veio tarde demais. Causou estragos e levou o PMDB a reivindicar mais espaço (leia-se cargos) no governo Dilma. Teoricamente, não é ilegal fazer lobby e tráfico de influência. Mas certamente é imoral e antiético. Além disso, abre um precedente inusitado em termos de contratos. O de encerrá-los unilateralmente sem pagar multas previstas. No caso de Palocci aconteceu algo jamais visto. Em vez de pagar multa por contrato rompido, recebeu dos clientes os valores que viria a receber quando os trabalhos fossem concluídos. Palocci era a pessoa certa na presidência para costurar acordos com o Congresso e, principalmente com empresários. Foi bobo. Esbanjou e se deu mal.


Fonte:


Notícias relevantes: