Indaiatuba

Desfile das escolas de samba reúne 27 mil pessoas

Outro uso indevido de dinheiro do Turismo em Indaiatuba aponta para a maior verba liberada desde 2005. Em convênio assinado no dia 3 de julho de 2008, a cidade foi contemplada com R$ 1,950 milhão para realizar o recapeamento asfáltico de ruas e avenidas do Município. Para conseguir firmar o acordo a administração local teve que investir outros R$ 216.666,65. O terceiro convênio é o de menor valor, mas também não vem sendo utilizado para cooperar com o turismo indaiatubano. Assinado no dia 27 de dezembro de 2007, o acordo garantiu ao Município R$ 126.750,00 para a implantação do Centro Itinerante de Informações Turísticas. Com mais R$ 32.196,00 de contrapartida, a Prefeitura adquiriu um micro-ônibus que, como o nome do projeto diz, deveria circular pela cidade para levar aos turistas que visitam Indaiatuba dados sobre as atrações locais. Mas não é isso o que acontece. Informações obtidas pe-la reportagem da Tribuna revelam que, além de não circular pela cidade, o utilitário serve como transporte para servidores públicos, jogadores do time de futsal da Associação Desportiva Indaiatubana (ADI) e atletas da Secretaria Municipal de Esportes.


Fonte:


Notícias relevantes: