Indaiatuba

Max Planck promove o Imposto de Renda Solidário sábado

Durante a prestação de contas do segundo trimestre da Secretaria Municipal de Saúde, o Conselho Municipal de Saúde (CMS) entrou com dois processos de avaliação do contrato firmado entre a secretaria e a Asseplan Narezzi Empreendimentos e Participações Ltda., para aluguel do prédio que serve de almoxarifado da pasta. Na avaliação, os conselheiros solicitaram os esclarecimentos do aumento de R$ 7.310, para R$ 12.792,50 arcados pela Secretaria de Saúde para uso do prédio. O processo de vistas ainda reforça que o aumento do valor do aluguel estava previsto mediante o reajuste do INPC/IBGE, o que fez o CMS solicitar o contrato para análise. Responsáveis pela Saúde informaram ao conselho que o reajuste realizado no valor do aluguel era contratual. A resposta definitiva da pasta será divulgada pelo conselho no final deste mês, quando acontece a prestação de contas do terceiro trimestre deste ano.


Fonte:


Notícias relevantes: