Indaiatuba

Exsa entrega prédio com 6 meses de antecedência

Há pouco mais de um mês a mesma escola havia sido alvo de uma outra ação de vandalismo. Segundo os professores, no dia 13 de setembro, o local foi alvo da terceira ação depredatória em apenas uma semana. Nessa ocasião, além de terem destruído as caixas de energia, os vândalos cortaram a fiação do sistema de alarme e destruíram as salas da diretoria, secretaria, coordenação, biblioteca, sala dos inspetores e cozinha. Após entrarem no prédio por um buraco feito em um portão de acesso instalado na Rua Joana de Bernardin Brizolla, os vândalos passaram pelo pátio central, de onde tiveram contato com a maioria das salas que, mesmo trancadas com portas e grades, foram atingidas pela destruição. Para não levantar suspeita, os responsáveis pela destruição tiveram o cuidado de cortar os fios de energia que alimentavam o alarme, fato que, para os professores, pode mostrar que a ação deve ter sido feita por alunos, ex-alunos ou moradores da região onde a escola está instalada. Na ocasião, eles levaram notebooks, câmeras fotográficas e R$ 600 em dinheiro que seriam utilizados para levar os alunos a uma excursão em um parque de diversões.


Fonte:


Notícias relevantes: