Indaiatuba

Empresa de sistemas abre vagas para filial de Indaiatuba

Corretora da imobiliária Kaaba, Isabel Cristina Pires, de 43 anos, revela que o medo de ser assaltado vem fazendo com que cada vez mais clientes estejam fazendo a troca. Em alguns casos, quando o morador não consegue negociar a propriedade que possui, mesmo assim acaba optando por alugar o espaço, se mudando para um local fechado, com segurança particular. A profissional revela que 80% das pesquisas por imóveis feitas na imobiliária têm como objetivo encontrar um local para morar que esteja dentro de um loteamento fechado. De acordo com o proprietário da imobiliária Müller, Carlos Müller, de 44 anos, a busca por um local seguro chega a fazer com que muitas pessoas acabem deixando de morar em uma casa maior, com melhores condições de acomodação para viver em uma residência menor, com espaços reduzidos, que custam o mesmo valor, mas que estão localizadas dentro de loteamentos fechados, que oferecem segurança. Diretor comercial da Elo Forte Consultoria Imobiliária, Ezequiel Laurenciano, de 48 anos, explica que esse tema é o motivador para o crescimento do número de loteamentos fechados em Indaiatuba, que hoje possui 20 espaços com segurança particular e portaria, oferecendo maior sensação de tranquilidade.


Fonte:


Notícias relevantes: