Indaiatuba

PUC-Campinas abre vagas para o Vestibular Social 2015

Algumas mudanças na assistência farmacêutica terão objetivo de facilitar a retirada de medicamentos nas Farmácias Unificada e de Alto Custo. A intenção é padronizar os atendimentos das unidades de saúde para que pacientes tenham acesso aos medicamentos de hipertensão e diabetes, por exemplo, ou deem entrada no processo de medicamentos de alto custo na unidade próxima a sua residência. De acordo com a coordenadora da assistência farmacêutica, Rosana Aparecida Rodrigues, a intenção é diminuir em 10% o número de pacientes que procuram atendimento nas farmácias unificadas. A mudança visa acolher o paciente e direcionar melhor dentre as necessidades. Serão contratados mais dois farmacêuticos que atenderão semanalmente nas unidades. “Cada um (farmacêutico) que retirar material vai assinar uma nota de consumo. Com esses dados, será possível cruzar informações com as unidades e racionalizar, além de diminuir os custos operacionais”, reforça. Para o setor, estão previstos investimentos de R$ 4.635 milhões ao longo do ano.


Fonte:


Notícias relevantes: