Indaiatuba

Vizinhos reclamam de lixo tóxico em terreno

Os moradores também dizem que, para validar o aumento das taxas, a empresa realizava uma reunião, em que pedia que os moradores assinassem uma lista de presença. De acordo com eles, mesmo com a rejeição do aumento, a empresa repassava o reajuste, pois utilizava as assinaturas da lista como se fossem dos moradores que aceitaram a proposta. A reportagem da Tribuna fez contato telefônico e via e-mail com dois representantes da empresas Logos. Porém, segundo eles, a empresa só poderia se pronunciar após um aval da Caixa, o que não aconteceu até o encerramento da edição.


Fonte:


Notícias relevantes: