Indaiatuba

Vacinação contra gripe termina amanhã, dia 12

Para o secretário municipal de Desenvolvimento, Edmundo José Duarte, embora todo aumento seja visto de forma positiva, 2009 foi um ano muito triste para o setor produtivo fabril de Indaiatuba, que sentia os efeitos da crise financeira mundial, que viu a exportação diminuir. Entretanto, o secretário afirma que, com base nos números da secretaria, os dados de 2010 mostram que o PIB local ultrapassou os R$ 6 bilhões. Mesmo assim, ele acredita que esse número deve crescer ainda mais influenciado pelo setor de serviços que, com a criação do Porto-Seco/Pólo Intermodal em Indaiatuba e a ampliação do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. “Nós estamos no caminho certo e o crescimento é maravilhoso e, embora ainda não seja o nosso forte, o setor de serviços é o que mais vai contribuir. O setor de serviços é o foco do futuro”, cita. Com a previsão de crescimento da produção local, Duarte acredita que, mesmo sem saber os números dos concorrentes, Indaiatuba deve passar a ocupar a terceira posição dentro da RMC, ficando atrás apenas de Campinas e Paulínia.


Fonte:


Notícias relevantes: