Indaiatuba

Exposição Nacional de Orquídeas recebe cerca de 4 mil visitantes

BELEZA

No último final de semana, foi realizada em Indaiatuba a 3ª Exposição Nacional de Orquídeas. A mostra, exibida no Clube 9 de Julho, foi organizada pela Associação de Indaiatubanos Orquidófilos (AIO), com apoio da Federação da Agricultura do Estado de São Paulo (Faesp), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e do Sindicato Rural do município.

Segundo Marcos Fábio de Azevedo Scarpa, presidente da AIO, a edição deste ano recebeu cerca de quatro mil visitantes. “Além das centenas de espécies disponíveis para venda, também havia 1.150 plantas em exposição, vindas de 23 cidades”, comenta Marcos. “Contabilizamos a venda de aproximadamente quatro mil plantas”, revela.

Os visitantes puderam adquirir orquídeas de vários formatos e cores, a preços variados a partir de R$ 15 a muda. “São orquídeas diferenciadas e que não podem ser encontradas no mercado”, ressalta Marcos. “As espécies expostas (que não estavam a venda) foram desenvolvidas por associados da AIO e cultivadores particulares.”

Os visitantes também puderam conhecer melhor as particularidades das orquídeas nas palestras ministradas por Marcelo José Invernizzi e Tiago Guarapuru. “Entre as informações, os participantes aprenderam o manuseio e cuidados com a planta, as variedades, como fazer a rega e adubar etc.”, esclarece Marcos.

Apesar dos valores das orquídeas serem praticados um pouco abaixo dos de mercado, Marcos Scarpa esclarece que os apreciadores podem encontrar as plantas em preços acessíveis ou não. “Os preços de plantas de coleção são diferentes daqueles das plantas comerciais. Os diferenciais nos valores das orquídeas são a dificuldade de cultivo, se é muito exótica, a excentricidade do comprador, entre outros”, avalia.

Fãs de carteirinha

Os cultivadores de orquídeas Kazuo e Catarina Shimoda vieram do município de Piedade, em uma caravana com 28 pessoas. “Temos muito contato com o Marcos, e nos organizamos para vir à Indaiatuba. Lá também temos uma associação de orquidófilos e pretendemos organizar nossa exposição para breve”, contou Kazuo.

Glorinha, moradora da Vila Suíça, é uma frequentadora assídua de exposições de orquídeas e confessa que já possui 80 delas em sua casa. No sábado, durante a entrevista, ela revelou estar levando mais oito plantas, mas deu sinais de que não iria parar nessa quantidade. “Sou viciada em orquídeas”, brincou ela, e acrescentou que também faria uma visita na exposição que estava sendo realizada na cidade vizinha de Itu.


Fonte:


Notícias relevantes: