Indaiatuba

Rede Casa Verde inaugura filial em Indaiatuba

REQUINTE

No dia 14 de novembro, Indaiatuba recebeu a mais nova unidade da rede de lojas de móveis Casa Verde. No seu amplo espaço, localizado na Avenida Visconde de Indaiatuba, a loja ofereceu ao público, em sua inauguração, uma recepção com café da manhã.

“A rede optou por Indaiatuba, pois reconheceu o potencial da cidade e da região”, comentou a decoradora da Casa Verde, Eliane Cristina M. Rodrigues. “Trabalhamos com móveis para diversos ambientes, desde o mais simples até o mais sofisticado. Hoje, a rede possui 40 lojas e mais de 60 anos de tradição no ramo”, completa.

A nova loja de móveis chegou para atender a um público exigente, que prioriza a praticidade sem abrir mão do conforto e da beleza. “Nós podemos atender a esses quesitos muito bem, já que as lojas Casa Verde oferecem produtos de qualidade, contando com fornecedores confiáveis”, ressaltou Eliane.

A unidade da Casa Verde em Indaiatuba está na Avenida Visconde de Indaiatuba, nº 1.303, Distrito Industrial João Narezzi. Para conhecer mais sobre os móveis da rede, acesse: www.moveiscasaverde.com.br.

Potencial

A proprietária da Casa Verde, Maria Cristina Dalul, considera a implantação da mais nova filial uma grande conquista. “Quando pensamos na abertura de mais uma loja, estudamos a população local, assim como a renda per capita, a localização – em função de mídia e logística, além de uma acurada pesquisa mercadológica que identifica se existe ou não a carência de uma loja de móveis Casa Verde. Por isso, percebemos em Indaiatuba um grande potencial, devido ao seu público e posicionamento na região”, esclarece.

Em relação às expectativas, Maria Cristina se mostra bastante entusiasmada. “Agradecemos o carinho com que fomos recebidos pelos clientes que já nos visitaram; nossa expectativa é corresponder à altura com produtos de qualidade e sempre com a garantia do melhor preço”, aponta.

Há mais de 35 anos a empresária Maria Cristina está à frente dos negócios que herdou do pai e fundador, João Nasser Dalul. A rede Casa Verde conta com 40 lojas de móveis no interior de municípios em São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

O início

Em 1914, Augusto e Farid Nasser Dalul chegaram ao município de Mirassol, onde abriram uma loja de tecidos chamada Casa Verde. O nome era uma referência direta à cor do imóvel na época.

Durante muito tempo, esta foi a atividade dos comerciantes. Em maio de 1927, nascia João Nasser Dalul (pai de Maria Cristina) – ele foi um dos filhos do casal e mais tarde se tornaria o fundador da móveis Casa Verde.

Após cursar o técnico em marcenaria no Liceu de Artes e Ofícios em São Paulo, João começou a produzir peças de móveis no fundo do quintal, os quais passaram a ser comercializados na loja de tecido dos pais.

O sucesso do empreendimento foi imediato e a fabricação dos móveis foi responsável provocou uma mudança significativa na Casa Verde, que passou a se dedicar exclusivamente ao segmento de mobiliários.

Entretanto, a família Dalul não contava com a mídia para divulgar seu negócio e os recursos financeiros para isso eram precários. Assim, decidiram instalar alto-falantes em seu Ford Coupé (verde) e começaram a fazer propaganda na zona rural de Mirassol. Esta ação, não só expandiu as vendas como também demonstrou uma estratégia empresarial à frente de seu tempo.

No ano de 1955, João comprou a parte dos irmãos no negócio e se tornou o único proprietário da loja, fundando a fábrica de móveis Casa Verde. No mesmo período, ele adquiriu a Estofados Casa Verde, o que levou ao início da sua rede de lojas, a Mercantil de Móveis Casa Verde.

Atualmente, Maria Cristina, filha de João, dirige os negócios deixados pelo pai. Pós graduada em Marketing, a empreendedora continua investindo na empresa, com o objetivo de atender às necessidades de seu público.

Missão

A rede Casa Verde tem como premissa a realização dos sonhos e expectativas dos clientes, oferecendo produtos personalizados e serviços diferenciados, com a mais alta qualidade, por meio de pessoas comprometidas com a eficiência, fidelidade à marca e rentabilidade do negócio.


Fonte:


Notícias relevantes: