Indaiatuba

Projeto de Indaiatuba está entre selecionados no Prêmio EDP Inovação

Um administrador de empresas de Indaiatuba figura como autor de uma das cinco ideias empreendedoras que seguem para a fase de apresentação de protótipos do Prêmio EDP Inovação, que reconhece ideias empreendedoras com potencial de desenvolvimento de negócios focados em redes inteligentes, mobilidade elétrica, eficiência energética e energias renováveis.

De acordo com a organização do evento, os projetos foram selecionados por apresentarem maturidade, potencial de desenvolvimento e alinhamento com o negócio de energia. Depois da primeira fase, uma apresentação de modelo de negócios ocorrida em todo território nacional, candidatos das cidades de Indaiatuba, Fortaleza, Florianópolis, Rio de Janeiro e São Paulo estarão, até fevereiro de 2016, na disputa pela classificação e o prêmio de R$ 50 mil.

Representando o município, o administrador de empresas Sergio de Andrade Coutinho Filho, de 31 anos, é um dos responsáveis pelo desenvolvimento do HFE Power Module, projeto que combina software, hardware eletrônico e hardware de transformação para criar um transformador mais eficiente, de menor custo e com telemetria integrada.

"Basicamente o que estamos desenvolvendo é um transformador eletrônico menor e mais eficiente. Isso significa menores custos na infraestrutura de distribuição de energia e menores perdas no sistema", contou.

"Na minha forma de ver, o custo da sociedade, tanto para os negócios quanto para o meio ambiente, se divide em três: energia, matéria-prima e recursos humanos. Desta forma, consumir de forma eficiente e gerar de forma sustentável são os dois desafios que temos, como sociedade, para resolver um dos três custos que geramos para o mundo e para nós mesmos". 

Cidades inteligentes

Os projetos escolhidos, ainda de acordo com a organização do Prêmio EDP, se enquadram no tema Cidades Inteligentes e abordam, de forma empreendedora, iniciativas cor-
relatas como consumo eficiente e a geração sustentável de energia. Ao término desta etapa, os participantes apresentarão os protótipos para uma banca formada por especialistas e investidores.

Para Sergio, no entanto, representar Indaiatuba em um prêmio tão importante do empreendedorismo brasileiro é motivo de entusiasmo, mesmo que a vitória na competição não seja atingida.
"Ficamos muito felizes e entusiasmados. É uma honra, um prazer e um privilégio. Queremos mudar o atual paradigma da infraestrutura de distribuição de energia", conclui o administrador. (Leandro Povinelli)


Fonte:


Notícias relevantes: