Indaiatuba

Governador adia reorganização escolar

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou ontem o adiamento da reorganização escolar. Em coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, foi explicada a decisão.

"Decidimos adiar a reorganização e rediscuti-la escola por escola, com a comunidade, com os estudantes e, em especial, com os pais dos alunos. Acreditamos nos benefícios da reorganização, 2016 será um ano de aprofundarmos os diálogos", disse Alckmin.

O governador ressaltou o importante trabalho do Governo do Estado no avanço da Educação. "Somos o quarto colocado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no primeiro ciclo, o ciclo 1, o terceiro colocado no ciclo 2 e o segundo colocado no Ensino Médio, avançamos muito com escolas em tempo integral. Somos o único estado brasileiro, aliás, o único ente federativo brasileiro, que investe 30% em educação, ninguém investe tanto no Brasil".

Alckmin ainda pediu que o diálogo precisa ser continuado. "Acreditamos nos benefícios da reorganização e isso fecha um ciclo, que permite a gente ajudar também no ensino infantil".

Indaiatuba teria sete escolas de ciclo único para o ano que vem. Diferente de outros municípios da região, nenhuma unidade foi invadida na cidade.


Fonte:


Notícias relevantes: