Indaiatuba

Indaiatuba é a terceira melhor cidade do País

Indaiatuba é a terceira melhor cidade do Brasil no Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal 2015 (IFDM), conforme divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) na quinta-feira. O município alcançou nota 0.9009, de 0 a 1.

O ranking acompanha o desenvolvimento socioeconômico do país e avalia as condições de Educação, Saúde, Emprego e Renda de todos os municípios brasileiros. Entre as cidades do Estado de São Paulo, Indaiatuba ficou em 2º lugar, e também conquistou o 1º lugar da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Em 2014, a cidade ficou em 9º no ranking nacional, com 0.8969 pontos.

Desde 2005, Indaiatuba se classifica com IFDM alto, entre 0.8 e 1.0 sendo: 2005 (0.8821); 2006 (0.8738); 2007 (0.8786); 2008 (0.8781); 2009 (0.8683); 2010 (0.9083); 2011 (0.8969); 2012 (0.8885) e 2013 (0.9009).

Segundo o prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB), esse é mais um índice de destaque para Indaiatuba. "Este ano Indaiatuba foi destaque em 15 rankings das maiores revistas do Brasil e institutos de pesquisas. Somos a única cidade que sempre ficou entre os dez primeiros colocados do IFDM da Firjan em todos os anos, desde que os índices começaram a serem analisados", aponta. "A avaliação é extremamente positiva e isso é resultado de um bom planejamento municipal e uma gestão fiscal de austeridade e de aplicabilidade dos recursos públicos. O índice que se destaca é o da Educação cuja pasta também é uma das primeiras em outras pesquisas, além, é claro do índice de desenvolvimento municipal que nos ranqueia como a terceira cidade do País", acrescenta.

Para ele, este resultado obriga a administração a continuar fomentando o desenvolvimento. "Precisamos continuar trazendo indústrias, sendo que, em 2015, foram 25 novas que irão gerar mais de mil postos de trabalho", cita o prefeito. "Vamos continuar aperfeiçoando nossa infraestrutura; o sistema de saúde, que hoje estamos construindo um novo hospital; nos aprofundando cada vez mais no nosso sistema pedagógico nas escolas municipais; enfim deixar Indaiatuba melhor ainda", analisa Nogueira.


Fonte:


Notícias relevantes: