Indaiatuba

Creches municipais terão horários padronizados a partir deste ano

O horário das creches municipais será padronizado em 2016. A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal da Educação na quinta-feira, e a alteração já estará valendo para o início do ano letivo, previsto para o dia 20 de janeiro.

De acordo com a pasta, a padronização dos horários nas unidades tem o objetivo de facilitar a gestão e o atendimento das crianças. Até o ano passado, os períodos de entrada e saída não eram bem definidos; porém, agora serão fixados em duas opções das 7h às 16h ou das 8h às 17h.

"A ação visa organizar as creches de modo mais efetivo, porém, o processo será feito com muita cautela e diálogo, pois não pretendemos prejudicar nenhuma família", garante a secretária da pasta, Rita de Cássia Trasferetti. Ela acrescenta que a Secretaria estará aberta ao diálogo durante o tempo que for necessário a fim de adequar a situação da melhor forma possível, tanto para as unidades quanto para os pais e responsáveis.

Conforme disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394, de 1996), as creches foram incorporadas à Educação e, portanto, tornaram-se modalidade da educação infantil que atende crianças de zero a cinco anos de idade. As creches municipais de Indaiatuba vêm se adequando à Lei desde 1998 e, entre as normatizações, estão o estabelecimento do calendário escolar, com dias de atendimento e agendamento de férias para alunos e professores, assim como os horários de entrada e saída.
"A alteração do horário das unidades este ano, com entrada às 7h ou 8h e saída às 16h ou 17h, atende ao disposto na legislação citada e este horário já é ofertado para a população da Educação Infantil do município, na modalidade pré-escola", esclarece Rita Trasferetti.

E agora?

Ao saber das mudanças na creche do filho Arthur, de três anos, a analista financeira Tatiana Gomes ficou preocupada. "Ouvi dizer que não haverá mais o tempo de tolerância tanto na entrada como na saída das crianças; isso me deixou bem aflita, pois entro no serviço às 8h e saio justamente às 17h, sendo praticamente impossível que eu esteja na creche nesses horários", desabafa.
Ela conta ainda que mora ao lado da creche do Jardim Belo Horizonte e, mesmo assim, necessita de alguns minutos antes para deixar o filho na escola. "Eu costumo deixá-lo na creche por volta das 7h45 e consigo chegar lá para buscá-lo depois das 17h15", revela a mãe.
Sobre isso, Rita enfatiza que serão mantidos os 15 minutos de tolerância até a chegada dos pais ou responsáveis. "Se esse tempo não for comprovadamente suficiente, a família deve procurar o gestor da unidade para juntos encontrarem uma adequação", avisa. "Quero frisar também que ninguém deve ser prejudicado pela alteração", reitera a secretária. 

Calendário

As creches municipais iniciam o ano letivo em 20 de janeiro para os alunos que já frequentavam a creche em 2015. Os novos alunos, admitidos em 2016, iniciarão posteriormente, conforme agendamento, para que ocorra o processo de adaptação. A Secretaria informa ainda que cada unidade possui calendário diferenciado.
O número de crianças também varia de uma creche para outra, dependendo do espaço disponível na unidade e da faixa etária que ela atende. Até o momento, foram matriculadas para este ano 5.337 crianças.


Fonte:


Notícias relevantes: