Indaiatuba

Atualização de dados na CPFL podem evitar inconvenientes

SERVIÇO

Com a mudança de imóvel (residencial ou comercial), o morador ou proprietário deve se atentar para a atualização do cadastro junto a CPFL. Ao entrar em um novo endereço, é bastante comum encontrar uma ligação ativa, em nome de outra pessoa.
Se o novo proprietário ou inquilino mantiver esta situação, ele assume o risco de ter o serviço de energia elétrica suspenso, já que o titular provavelmente irá solicitar o desligamento à concessionária, pois não ocupa mais o imóvel.
Para evitar este tipo de constrangimento, a CPFL orienta ao consumidor para que, assim que se mudar, atualizar o cadastro, encerrando o contrato anterior e colocando a conta de luz da nova residência ou do estabelecimento comercial em seu nome.
No caso do novo morador constatar que a conta de luz de seu imóvel está ainda no nome do último inquilino ou proprietário, ele deve entrar em contato com a CPFL para transferir a titularidade para seu nome.
A atualização do cadastro pode ser feita por meio de solicitação no portal da CPFL: www.cpfl.com.br, ou pelo telefone, na central de relacionamento da CPFL Piratininga: 0800 010 2570. O cliente deverá ter em mãos a conta de energia e fornecer o ‘SEU CÓDIGO’, além do número do CPF ou CNPJ. A partir da solicitação, ele terá até 15 dias úteis para apresentar o documento na unidade da CPFL ou estabelecimento credenciado.
O consumidor também pode obter mais informações sobre este e outros assuntos referentes ao fornecimento de energia elétrica no site da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel): www.aneel.gov.br.

UTI Domiciliar
As residências onde more um portador de doença ou deficiência que dependa do uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos médicos que consumam energia elétrica (necessários à vida) podem ter um cadastro especial como UTI Domiciliar. Este cadastro é importante porque a distribuidora prestará atendimento especial no caso de desligamentos emergenciais, tratando a unidade com prioridade semelhante àquela dedicada a hospitais e unidades de saúde.
Para entrar com o pedido de cadastramento o cliente terá que apresentar os seguintes documentos:
1) Cópia autenticada do laudo médico e descrição clínica das condições de saúde do cliente com data atualizada assinada pelo médico responsável;
2) Número da inscrição do médico no Conselho Regional de Medicina;
3) Número do CID da doença; descrição dos aparelhos, equipamentos e instrumentos e de sua utilização.


Fonte:


Notícias relevantes: