Indaiatuba

Dilma comemora o sucesso do Minha Casa, Minha Vida

Os discursos do prefeito, do ministro, do governador e da presidente duraram, ao todo, pouco mais de 40 minutos. Antes, foi exibido o vídeo de autoridades das outras cidades que estavam entregando as chaves, que proferiram discursos rápidos.

O prefeito Reinaldo iniciou a fala, agradecendo a presença de todos, especialmente ao governo paulista pelos recursos que viabilizaram o anel viário no bairro. "Esta foi a maior entrega do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) no Brasil", comemorou, referindo-se aos 2.048 apartamentos do Campo Bonito.

Nogueira também salientou a importância da mão de obra qualificada oferecida pela Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura (Fiec). Ele citou os quase dez mil alunos formados pelo Pronatec (do governo federal); desses, 85% estão atuando no município. "Temos o Distrito Industrial, uma ferramenta que atrai empresas para a cidade. Quando existe planejamento e projeto, é possível buscar os meios de realização dos sonhos", emendou.

Logo em seguida, veio a fala foi do ministro Kassab, que declarou estar feliz por integrar um governo que se preocupa em investir para quem necessita. Ressaltou a abrangência do MCMV, atestando que é o maior do planeta. Por fim, informou que em breve será lançada a Fase 3 do Programa.

Geraldo Alckmin iniciou sua fala lembrando que o MCMV também é fonte geradora de empregos. "A cada apartamento ou casa entregue, são gerados 1,2 empregos; só hoje em São Paulo, temos mais de três mil imóveis, resultando em quase quatro mil empregos", apontou. Antes mesmo de começar a falar, o governador de São Paulo recebeu vaias de um grupo de pessoas mais próximas ao palco.

Por fim, já no início da tarde, Dilma falou aos presentes. Ela começou com Aldeir Costa de Souza, uma das contempladas, cujo apartamento a presidente visitou e posou para fotos. Depois de cumprimentar todas as autoridades (incluindo as de outros Estados), declarou que gostaria de abraçar cada um dos futuros moradores. "Nós estamos entregando, aqui em Indaiatuba, 2.048 chaves para 2.048 famílias. É a maior entrega nestas 7.840", reforçou.

Ela mencionou a dificuldade na conquista da casa própria, especialmente para as pessoas de baixa renda, e que esta sempre foi a prioridade do MCMV. "O foco do Programa é a família", reiterou.

Dilma também discursou sobre a situação econômica, o Pronatec e, por fim, sobre a preocupação com o zika vírus. "Não é uma questão pouco séria. A Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou emergência internacional em saúde pública. Por isso, eu queria, mais uma vez, reiterar a vocês: vamos provar que esse País tem suficiente consciência e determinação para acabar com esse mosquito antes que ele comprometa nossas crianças e nossas mães grávidas", disse a presidente, encerrando o discurso.


Fonte:


Notícias relevantes: