Indaiatuba

Clientes sem energia seriam prejudicados

Na edição do dia 30 de janeiro, a Tribuna publicou a matéria que abordava a questão do reajuste da CIP para proprietários de terrenos, ou seja, que não possuem energia elétrica. O vereador Bruno Ganem (PV) questionou a cobrança da taxa com reajuste, o que é considerado inconstitucional. "A cobrança só pode ser feita depois de 90 dias da publicação da Lei que aprova o reajuste, que foi no dia 21 de dezembro", comentou.

O vereador comemorou também a não cobrança do reajuste para os proprietários de imóveis com energia elétrica. "A taxa, inclusa na conta de luz, saltou de R$ 8,45 para R$ 14,78 (75%), porém, os contribuintes só pagarão o valor com aumento em abril", ressaltou.

No ano passado, o valor reajustado foi cobrado nas contas de janeiro, fevereiro e março, o que, conforme já explicado por Ganem, é ilegal.


Fonte:


Notícias relevantes: