Indaiatuba

Mutirão de Combate ao Aedes Aegypti recolheu 336 sacos de criadouros do mosquito

O 1º Mutirão Regional de Combate ao Aedes aegypti recolheu no Jardim Morada do Sol, nas proximidades do Floresta Parque próximo ao Condomínio Cocais II, dois caminhões com 336 sacos de 100 litros de criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. O mutirão foi promovido pela Secretaria Municipal de Saúde e Programa de Controle de Dengue, em parceria com a EPTV, no dia 30 de janeiro.

Segundo o secretário de Saúde, José Roberto Stefani, Indaiatuba está se adiantando e trabalhando em duas frentes para evitar a proliferação do mosquito. "A primeira etapa é a prevenção e realização de mutirões. Já temos outro marcado para o dia 13, no Jardim Carlos Aldrovandi", anuncia. "A Saúde está mobilizando toda a sociedade, como associações de amigos de bairros, de hipertensos e diabéticos, entre outras, para levar a informação sobre as doenças transmitidas pelo mosquito e ainda estamos fazendo a capacitação dos profissionais desaúde de todas as áreas".

A área escolhida para o 1º mutirão foi a região do Floresta Parque, na Rua Martinho Lutero, em frente ao número 1.624, no estacionamento lateral ao lado do Condomínio Cocais II, devido ao alto índice de casos positivos no bairro em 2015. Trabalharam no evento, 120 funcionários que percorreram sete mil imóveis aproximadamente, 102 quarteirões em 23 ruas com uma população de 24 mil pessoas em quatro horas de trabalho. A ação contou com o trabalho de 13 voluntários do Grupo Regaste de Indaiatuba.


Fonte:


Notícias relevantes: