Indaiatuba

Indaiatuba tem seis casos de dengue e 32 pessoas aguardam resultados

Neste ano, a cidade já contabilizou um caso autóctone confirmado de dengue, cinco casos importados residentes e 32 pessoas estão aguardando resultado. A cidade ainda não registrou nenhum caso de chikungunya e zika Vírus. Segundo a secretaria, a percepção é que depois do carnaval aumente o número de casos. "O número pode aumentar, pois muitos viajam para as áreas endêmicas e acabam se contaminando e podem ou não desenvolver os sintomas. Também podem contaminar os mosquitos do município com o vírus", alerta Stefani.

Os municípios de Campinas e Salto já registraram um caso de zika Vírus em ambas cidades. Apesar da proximidade, o secretário afirma que Indaiatuba está preparada. "A Saúde está preparada para reagir para combater o mosquito e mais uma vez ressaltamos que a população deve sim colaborar, pois 80% dos criadouros estão nos quintais", ressalta Stefani.

Notificação

O Ministério da Saúde informou que a notificação de zika passa a ser obrigatória no país. O ministério deve anunciar os detalhes da medida na próxima semana. De acordo com a Agência Brasil, atualmente, a pasta não contabiliza o número de pacientes que tiveram a doença, e as secretarias não são obrigadas a registrar todos os casos, já que a capacidade de diagnóstico laboratorial do Brasil ainda é baixa e também porque em 80% das ocorrências não aparecem sintomas.

Segundo a Secretaria de Saúde do Município, existe um protocolo do Centro de Vigilância Epidemiológica de São Paulo, que exige que toda gestante com exantema já é coletado sorologia para zika vírus, chikungunya e dengue, e deve ser notificado.


Fonte:


Notícias relevantes: