Indaiatuba

De volta à discussão

O vereador Carlos Alberto Rezende Lopes, o Linho (PT), trouxe de volta à pauta seu projeto de lei que determina que maternidades, casas de parto e estabelecimentos hospitalares congêneres, da rede pública do município de Indaiatuba, ficam obrigados a permitir a presença de doulas durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, sempre que solicitadas pela parturiente. A palavra doula vem do grego "mulher que serve" e, nos dias de hoje, aplica-se às mulheres que dão suporte físico e emocional a outras mulheres antes, durante e após o parto. A proposta foi negada anteriormente e deve entrar na pauta de votação em breve.


Fonte:


Notícias relevantes: