Indaiatuba

Medida foi determinada após consulta pública

A consulta pública para o seguro popular de automóvel foi aberta pela Susep em dezembro de 2015, e os interessados tiveram 30 dias para o envio de sugestões sobre o tema. Em 30 de março, a proposta foi aprovada pelo CNSP.

Mesmo que seja direcionada para automóveis com mais de cinco anos de uso, a medida também pode beneficiar outras frotas. De acordo com a Susep, qualquer pessoa pode optar pelo produto, porém, deve estar consciente de que os reparos no veículo serão feitos com peças usadas ou seminovas.

Para uma garantia maior, as normas preveem ainda que essas peças não poderão ser utilizadas em situações envolvendo itens de segurança do veículo, como suspensão, sistema de freios e cintos de segurança.


Fonte:


Notícias relevantes: