Indaiatuba

Escolas recebem palestra sobre sexualidade

A Secretaria da Saúde apoia o Programa Saúde Preventiva na Escola promovido pela Instituição Fernandes. As atividades começaram quarta-feira na Escola Estadual Professor Milton Leme do Prado, com a primeira palestra.

O projeto consiste em ministrar palestras educativas para alunos de escolas estaduais das faixas etárias de 13, 14 e 15 anos e visa trazer a informação sobre a sexualidade para dentro da instituição educacional e demonstrar que existe o serviço de saúde.

A assistente social Milene Rosa informou que visa atender gestores, professores de escolas estaduais e municipais; família e comunidade escolar em geral. "Nosso objetivo é estimular os adolescentes a procurar o serviço de saúde. Também capacitar os profissionais das UBS, para receber e entender este adolescente, quando ele for procurar atendimento. Seja para tirar dúvidas de qualquer natureza, seja para tratar a gravidez, método contraceptivo, DSTs/Aids. Por isso, procuramos o apoio da Secretaria de Saúde".

A palestra aborda os seguintes temas: estimular o debate e a reflexão sobre questões relativas à sexualidade, saúde sexual e saúde reprodutiva e preventiva que auxiliem na formação do educando; contribuir para a redução da infecção pelo HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis; reduzir os índices de evasão escolar causada pela gravidez na adolescência; desenvolver a educação preventiva e sua incorporação no Projeto Político Pedagógico (PPP) da unidade de ensino; favorecer o desenvolvimento da criança e do adolescente considerando as vulnerabilidades sexuais a que estão expostos; respeitar a diversidade de valores, crenças e comportamentos existentes e relativos à sexualidade, desde que seja garantida a dignidade do ser humano; compreender a busca de prazer como uma dimensão saudável da sexualidade humana; conhecer seu corpo, valorizar e cuidar de sua saúde como condição necessária para usufruir de prazer sexual; identificar e expressar seus sentimentos e desejos, respeitando os sentimentos e desejos do outro; proteger-se de relacionamentos sexuais coercitivos ou exploradores.


Fonte:


Notícias relevantes: