Indaiatuba

Cidade tem caso suspeito de chikungunya

DENGUE

Indaiatuba registrou na semana um caso suspeito de febre chikungunya. O caso refere-se a uma pessoa que mudou-se da cidade de Santos para Indaiatuba há 20 dias e chegou na cidade com os sintomas. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde.

Também subiu de 162 para 249 o número de pessoas com suspeita de dengue no município, segundo a Pasta. O aumento de 87 casos aguardando resultado foi registrado nesta semana. Já o número de casos confirmados continua em 25, sendo 17 autóctones e oito importados residentes.

Ainda de acordo com a secretaria, não foi confirmado nenhum caso de zika vírus ou mesmo da chikungunya. Por enquanto, as três gestantes que estão com suspeita de zika - dos bairros Cecap, Jardim Morada do Sol e Jardim Paulista - ainda aguardam resultado do Instituto Adolfo Lutz e não há previsão para sair o diagnóstico.

Mutirão

A equipe de combate ao mosquito Aedes aegypti do Programa de Controle de Dengue, da Secretaria de Saúde, promoveu no sábado passado, um mutirão no bairro Santa Cruz.

Segundo a Secretaria, foram retirados 72 sacos de cem litros com oito coletas de larvas.

O próximo mutirão está agendado para hoje, no Jardim do Sol e Jardim Primavera. Desde o início do ano, a Pasta já promoveu seis mutirões. Os bairros foram Jardim Morada do Sol, Cecap, Jardim Califórnia, Santa Cruz, Carlos Aldrovandi e Vila Brizola e Costa e Silva.


Fonte:


Notícias relevantes: