Indaiatuba

Determinação vinha sendo prorrogada desde 2014

A obrigatoriedade do uso do simulador veicular passou a valer em 14 de dezembro de 2015 para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria B (carro). Antes, já havia sido baixado um decreto obrigando a utilização do equipamento em 2014, mas ela foi prorrogada.

O tempo mínimo de aulas é de cinco horas, sendo que uma delas reproduz a condução em período noturno. As aulas no simulador veicular deverão ser realizadas após o término do curso teórico, de 45 horas/aula, e antes do exame teórico."As aulas no simulador não dispensam as realizadas no veículo convencional, que totalizam o número de 20. Porém, há a opção de substituir três aulas noturnas pelo simulador, completando oito horas no equipamento e 17 horas/aula convencionais", explica Alexandre.

O instrutor finaliza lembrando que, para quem é habilitado em moto (categoria A), e deseja obter a categoria B, pode fazer até sete horas/aula no simulador, sendo três em ambiente noturno.

Legislação

A obrigatoriedade do uso do simulador veicular passou a valer em 14 de dezembro de 2015, para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria B (carro). O tempo mínimo de aulas é de cinco horas, sendo que uma delas reproduz a condução em período noturno. As aulas no simulador veicular deverão ser realizadas após o término do curso teórico, de 45 horas/aula, e antes do exame teórico."As aulas no simulador não dispensam as realizadas no veículo convencional, que totalizam o número de 20. Porém, há a opção de substituir três aulas noturnas pelo simulador, completando oito horas no equipamento e 17 horas/aula convencionais", explica Alexandre. O instrutor finaliza lembrando que, para quem é habilitado em moto (categoria A), e deseja obter a categoria B, pode fazer até sete horas/aula no simulador, sendo três em ambiente noturno.


Fonte:


Notícias relevantes: