Indaiatuba

Vigilância confirma cinco casos de H1N1

A cidade já tem cinco casos confirmados de H1N1, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. As confirmações se tratam de dois homens, um de 30 e outro de 34 anos; e de três crianças, sendo um menino de dois anos, uma menina de cinco anos e outra menina também de dois anos.

Todos os casos foram confirmados por laboratórios particulares. Além deles, uma senhora de 73 anos, da cidade de Itu, que está internada no Hospital Santa Ignês também teve seu exame positivo para a gripe H1N1. A mulher veio para Indaiatuba por não conseguir vaga nos hospitais de sua cidade.

Ainda de acordo com a Pasta, 15 pessoas aguardam o resultado para confirmar ou não a Influenza A. A Pasta também informou que ainda não saiu o resultado do homem de 81 anos que faleceu no dia 8 de abril. Ele era cardiopata e tabagista, com patologia pulmonar e problema no coração, e foi a primeira morte suspeita pela doença na cidade, em 2016.

Brasil

O Brasil já registrou, de janeiro até o dia 12 de abril, 1.012 casos graves de H1N1, segundo boletim divulgado no dia 20, pelo Ministério da Saúde. Desse total, 715 pacientes foram infectados em território paulista. São Paulo também registrou 153 mortes, equivalente a 59% dos óbitos do país. No ano passado inteiro, foram 36 mortes pela gripe A H1N1 no país.


Fonte:


Notícias relevantes: