Indaiatuba

Projeto Lixo Tecnológico reforma equipamentos e repassa a quem não tem

Os metais pesados contidos no lixo eletrônico podem causar sérios danos à saúde. Pensando nisso, o empresário Lucas Brustolin desenvolveu o projeto Lixo Tecnológico, como já havia mostrado a Tribuna anteriormente. Ao perceber a grande quantidade de computadores, televisores e componentes descartados nas ruas, ele passou a recolher e, com as peças, monta equipamentos novos e doa para quem não tem.

"Além de manter a cidade mais limpa e livre de contaminação, promovemos a inclusão digital", aponta. "Estamos há oito anos no mercado, e hoje trabalho em parceria também com empresas. Se a pessoa tem algum aparelho sem uso, basta chamar e vamos recolher".

Lucas conta também que pretende, no futuro, criar o museu de informática no município, com peças originais. "Quero ainda colocar em prática a ideia de montar uma oficina, para transformar o lixo tecnológico em arte", declara.

Para solicitar a coleta de material, o contato com Lucas é pelos telefones: (19) 3875-7714 e 97146-8045. A página no Facebook é: www.facebook.com/lixotecnologicoindaiatuba.


Fonte:


Notícias relevantes: