Indaiatuba

Grupo Alcoólicos Anônimos celebra 81 anos de existência

O grupo dos Alcoólicos Anônimos (AA) completa, na próxima sexta-feira, 81 anos de existência. Para celebrar a data, o AA de Indaiatuba irá realizar uma reunião, em seu endereço, à Rua XV de novembro, nº 150, entre 19h30 e 21h. No encontro, serão divulgadas informações aos que vivenciam este problema de saúde.

As reuniões no AA são diárias, e ocorrem de segunda a sábado, das 19h30 às 21h, e aos domingos, das 9h às 11h. Os encontros são fechados, ou seja, dedicados apenas à terapia dos alcoólicos. A dinâmica pode ser estabelecida por um comitê orientador ou coordenador, envolvendo discussões informais das dificuldades que os alcoólicos enfrentam para manter a sobriedade e o controle sobre a própria vida.

Os participantes do AA trocam experiências com base nos Doze Passos e Doze Tradições, selecionando tópicos específicos, tais como os slogans, os três legados, a prece da serenidade, entre outros.

"O grupo hoje está bastante escasso, com pouquíssimos integrantes", ressalta, um dos membros do AA Indaiatuba. "Contamos somente com 15 pessoas, e em cada reunião há seis ou sete. Este número é preocupante, pois temos conhecimento de que muita gente tem este tipo de problema, mas não busca auxílio (que o AA pode oferecer)", completa.

Espiritualidade

Durante os encontros, os que enfrentam a doença do alcoolismo podem compartilhar experiências e tudo o que se refere aos problemas referentes às diversas formas e costumes de beber, assim como seus esforços para atingir uma sobriedade estável. As ocasiões também permitem a abordagem dos elementos do programa e o estudo da literatura do AA; há espaço para leitura de correspondências e para recolher as contribuições voluntárias para cobrir as despesas do grupo.

"O descontrole na ingestão de bebidas alcoólicas pode ser uma doença incurável", afirma o membro do AA, que há 40 anos se libertou do problema. "Por isso, trabalhamos com princípios de espiritualidade, aliados à fé e à medicina, representando o conjunto da sabedoria universal. Se um alcoólico tem uma crença religiosa (seja qual for), o entendimento é melhor, já que ele fará uso de sua espiritualidade para entender o que acontece com ele, admitir que está doente e buscar a recuperação e o equilíbrio".

Reuniões

O AA também promove reuniões abertas para qualquer pessoa interessada em saber mais a respeito do AA. O roteiro dos encontros costuma ser fixo, contando com pequenas variações de um local a outro. Já as reuniões públicas são para as comemorações do AA, em que são convidados psicólogos, médicos, assistentes sociais, sacerdotes e o público em geral. Ao final, sempre são servidos lanches e refrescos.

Na próxima sexta-feira, às 19h30, serão comemorados os 81 anos do AA, e o grupo convida a todos que estiverem interessados a participarem. "No próximo mês, vamos celebrar os 28 anos do AA em Indaiatuba e já estamos definindo a programação", revela o responsável. Para mais informações, envie um e-mail para [email protected], ou ligue para (19) 3234-8088 (escritório do AA em Campinas).

Apoio familiar

O Grupo Familiar Narcóticos Anônimos (Nar- Anon) é voltado aos familiares ou pessoas muito próximas aos alcoólicos, e busca oferecer a eles serenidade e paz. Os grupos são formados por pessoas que conhecem e entendem o drama do álcool nos lares, sempre respeitando o anonimato de todos os participantes. Os encontros do Nar-Anon ocorrem duas vezes por semana, no prédio do AA.

O programa não é religioso, mas adota um modo espiritual de viver, igualmente baseado em doze passos. "Trabalhar essas etapas poderá trazer a solução para os problemas, desde que o tratamento seja assumido com responsabilidade. Temos de ter a coragem de nos assumirmos como somos e fazermos algo por nós mesmos, contando com um Poder Superior (Deus). Com o conhecimento de que o alcoolismo é uma doença, e admitindo nossa impotência diante dela, estamos prontos pra fazer alguma coisa de útil e construtiva. Só então, seremos capazes de ajudar os outros", diz o ex-alcoólico.

(Adriana Brumer Lourencini)


Fonte:


Notícias relevantes: